quarta-feira, 31 de março de 2004

gotas de cloreto de sódio




hoje, vi pela janela, aquela que tem vista para o mundo. vi mortes, vi corpos despedaçados, carbonizados, vi gritos de gentes torturadas, aterrorizadas, vi enganos, vi ilusões, vi lágrimas e dor, vi... para não ver...

Um comentário:

Marcia disse...

Lindo seu blog.
Marcia
Curitiba-Paraná-Brasil